Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

Lá diz o ditado popular que "o que é bom para o ventre é mau para o dente". O melhor conselho para uma mulher que pensa engravidar é visitar o seu médico dentista para uma consulta de rotina e tratar qualquer problema oral antes de ficar grávida.

Seja qual for a fase da gravidez, o importante para a futura mãe é reforçar os cuidados de higiene oral, certificar-se de que o médico dentista sabe que está grávida e manter as consultas de acompanhamento.

Durante a gravidez, os seus dentes precisam de uma atenção especial. Uma escovagem e uso do fio dentário regulares, fazer uma dieta equilibrada e visitar regularmente o seu dentista irá ajudar a reduzir os problemas dentários que acompanham a gravidez.

Durante a gravidez, há uma série de alterações no organismo da mulher que, associadas a algumas mudanças nos hábitos de vida, podem levar ao aparecimento ou agravamento de problemas dentários como cáries e gengivites (a cor avermelhada e brilhante da gengiva, o sangramento e a inflamação).

As gestantes têm tendência a ingerir pequenas quantidades de alimentos, mas em maior número de vezes durante ao dia. Assim, a higiene oral costuma ficar prejudicada. Observa-se também uma queda do PH salivar, ficando a saliva mais ácida, esta alteração favorece a desmineralização do esmalte dentário e o aparecimento de mais cáries.

Manter os dentes bem limpos, sobretudo junto à linha gengival, vai ajudar a reduzir drasticamente - ou mesmo a prevenir - a gengivite durante a gravidez. Substituir os doces por alimentos mais nutritivos, como o queijo, os frutos ou vegetais frescos, será também melhor para os seus dentes.

Durante a gravidez podem ser realizados vários tratamentos. Quer a patologia seja uma cárie, um abcesso, uma gengivite ou uma periodontite, as terapias serão sempre adaptadas pelo médico dentista às diferentes fases da gravidez.

É aconselhável realizar os tratamentos durante o segundo trimestre (entre 14 e as 28 semanas de gestação). Durante o primeiro e o terceiro  trimestre as consultas dêem ser realizadas apenas quando estritamente necessárias.

Nestas consultas durante a gravidez as futuras mães são instruídas sobre os cuidados de higiene oral que devem dispensar aos bebés desde o nascimento.

As alterações fisiológicas que normalmente ocorrem durante a gravidez, nomeadamente as provocadas por alterações hormonais normalmente regridem após o parto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:25

 

Ana Paula Ferreira é a vencedora da sexta semana do passatempo Sorria.pt, pelo que vai usufruir de um branqueamento dentário na clínica Medical Art Center, no Porto.
Envie-nos as fotos do seu sorriso para clube@caras.impresa.pt e habilite-se a ser o próximo a ganhar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:22

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:21

Patrícia Gomes é a vencedora da quinta semana do passatempo Sorria.pt, pelo que vai usufruir de um branqueamento dentário na clínica Medical Art Center, no Porto. Envie-nos as fotos do seu sorriso para clube@caras.impresa.pt e habilite-se a ser o próximo a ganhar. Todos os leitores que se dirigirem à clínica com um exemplar da CARAS desta semana ganham de imediato uma consulta de diagnóstico com ortopantomografia, no valor de 150 euros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:21

Bom hálito

21.08.13

A halitose, mais conhecida por mau hálito, pode ser responsável por graves problemas no relacionamento pessoal mas na maioria dos casos tem uma resolução simples. Não é uma doença, mas sim um sinal de que algo não está bem no organismo.

Sendo um tema constrangedor, que leva à repulsa das pessoas, o mau hálito nem sempre é perceptível para quem sofre do distúrbio. Na grande maioria dos casos, o problema tem origem na boca, apesar de também poder resultar de perturbações noutros órgãos como por exemplo o estômago.

Na boca vivem centenas de bactérias cujo sustento pode libertar substâncias que têm mau cheiro. 

Podem ser várias as causas da halitose entre varias destacamos a má conservação dos dentes, a retenção de alimentos entre eles, a inflamação das gengivas ou existência de abcessos. Uma produção reduzida de saliva pode também provocar um odor desagradável. Da mesma forma, a secura provocada por um jejum prolongado, a desidratação, a exposição ao ar condicionado, o stress, o uso de certos medicamentos, a respiração bucal ou um longo período a falar, podem provocar cheiros indesejados. Factores como o consumo excessivo de álcool e infecções, como amigdalites ou sinusites, costumam também ser prejudiciais.

Apesar de o problema ter maioritariamente origem na boca, convém certificarmo-nos de que os orgaos como o estômago, rins e intestinos não apresentam nenhuma alteração.

A diversidade de origens possíveis do mau hálito indica que é fundamental determinar a sua causa, pois o tratamento pode exigir a participação de especialistas de áreas  distintas. Seja como for, as recomendações para manter um bom hálito são: beber muita água, evitar passar muitas horas sem comer, mastigar moderadamente pastilhas sem açúcar e, claro, reforçar a higiene oral (incluindo a escovagem suave da região posterior da língua).

Pode sofrer deste distúrbio e não saber. Para manter um bom hálito o recomendável é mesmo seguir as indicações referidas  e visitar regularmente o Medico Dentista.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:10

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:24

Ana Nunes é a vencedora da quarta semana do passatempo Sorria.pt e vai usufruir de um branqueamento dentário na clínica Medical Art Center, no Porto. Envie-nos as fotos do seu sorriso para clube@caras.impresa.pt e habilite-se a ser o próximo a ganhar. Todos os leitores que se dirigirem à clínica com um exemplar da CARAS desta semana ganham de imediato uma consulta de diagnóstico com ortopantomografia, no valor de 150 euros
.



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:27

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:30



Ao contrário do que dizia um slogan publicitário famoso nos anos 90, relativamente aos dentes: branco mais branco há. Seja em casa, no consultório ou por fases, existem diferentes formas de branquear os dentes. Todas as técnicas são igualmente eficazes, mas têm períodos de tratamento diferentes.

O método mais cómodo é o realizado numa única consulta. Se o tratamento for feito em consultório, o Medico Dentista isola os dentes para proteger a gengiva e aplica um agente branqueador, para acelerar o efeito do gel branqueador no dente, pode usar uma fonte de calor como uma lâmpada LED ou um laser.

No entanto, o branqueamento realizado em casa pelo paciente monitorizado pelo Medico Dentista também é eficaz. Nesta situação o paciente utiliza um gel em moldeiras individuais para ambos os maxilares que se colocam na boca durante um determinado período de tempo.

Em casos de dentes escurecidos pelo tratamento endodôntico, o Medico Dentista realiza trocas sucessivas de agente branqueador. Em cada fase, o produto permanece dentro do dente.

 

Seja qual for o tipo de branqueamento (doméstico ou em consultorio), o processo é seguro e não produz qualquer risco de enfraquecimento para os dentes ou para a sua estrutura, desde que haja orientação de um profissional de saúde oral. 

Durante o tratamento e algum tempo após a sua conclusão deve-se evitar fumar e ingerir alimentos que possuam pigmentos escuros, como por exemplo, café, chá, beterraba, vinho tinto e refrigerantes à base de coca-cola entre outros. 

Os dentes que foram clareados podem escurecer novamente. Um ou dois anos depois do processo de branqueamento pode surgir a necessidade de uma manutenção.

Ha contra indicações específicas quanto à idade.

Em casos de pacientes com restaurações, é possível que surja a necessidade de substituição destas, o material restaurador não é branqueável. As próteses e as coroas também não sofrem a acção dos clareadores. 

 

As próteses, restaurações e coroas que estejam ao lado dos dentes branqueados, parecerão mais escuras, o que causará desarmonia estética.

Longe vai o tempo em que apenas os atores de cinema, políticos ou pivots de televisão branqueavam os dentes. Hoje, qualquer pessoa o pode fazer com segurança e garantia de sucesso, sempre que recorra a um profissional de saude oral em ambiente clinico.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:38



A foto do sorriso de Rosário é a vencedora da terceira semana do passatempo Sorria.pt. Assim, a nossa leitora vai usufruir de um branqueamento dentário na clínica Medical Art Center, no Porto.

Envie-nos fotos do seu sorriso para clube@caras.impresa.pt e habilite-se a ser o próximo a ganhar. Além disso, todos os leitores que se dirigirem à clínica com um exemplar da CARAS desta semana ganham de imediato uma consulta de diagnóstico com ortopantomografia, no valor de 150 euros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:27


Pub


Na CARAS desta semana


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D